Prefeitura vai vender Frohsinn e exigir reconstrução

rp_Frohsinn+4.JPG

A famosa sede do antigo restaurante Frohsinn já tem um destino definido após um incêndio destruir a maior parte das suas instalações. A prefeitura de Blumenau irá vender o imóvel que fica no morro do Aipim com a condição de que o dono reconstrua a estrutura mantendo a fachada e manutenção do espaço visual com acesso ao público através do mirante.

As plantas originais do imóvel já estão com a prefeitura, assim como os móveis que haviam no restaurante. Eles estão guardados em um depósito e nada se perdeu no incêndio. “Teremos todo o cuidado para recuperar as características históricas e arquitetônicas que marcam o imóvel, assim como oportunizar a bela vista que se tem da cidade de forma gratuita, para todos”, ressaltou o prefeito Napoleão Bernardes.

Até o final do mês de outubro, o projeto de lei para autorização da venda do Frohsinn deve chegar à Câmara de Vereadores de Blumenau. A negociação com o Moinho do Vale serve de exemplo para a venda do Frohsinn. “Este tipo de negócio funciona muito melhor na mão da iniciativa privada”, finalizou Napoleão. A decisão foi tomada em uma reunião neste segunda-feira (25).

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome