Prefeitura termina contrato com o Consórcio Siga

O prefeito Napoleão Bernardes anunciou em entrevista coletiva na manhã deste sábado (23) a caducidade do contrato com o Consórcio Siga. Com isso, um contrato emergencial deve ser realizado para funcionamento do transporte coletivo de maneira provisória.

[irp posts=”19554″ name=”Trabalhadores prometem greve se o Siga voltar”]

Uma publicação na página da Prefeitura de Blumenau deu a entender que, porém, deve acontecer uma interrupção do transporte nesta semana.

“A partir da meia noite de hoje os ônibus do SIGA param de rodar, e uma nova empresa deve assumir emergencialmente. Mas como esse processo não é tão rápido assim, vamos ficar sem empresa de ônibus por cerca de uma semana até que uma nova empresa assuma as atividades.”

O comunicado afirma que vans e micro-ônibus também devem circular para o transporte temporário. “Enquanto não temos a nova empresa, a Prefeitura vai fazer a contratação de transporte alternativo, como vans e micro-ônibus, por exemplo.”

Mas uma fonte ligada diretamente ao prefeito afirmou ao Farol que uma empresa com frota de 200 ônibus pode se instalar imediatamente em Blumenau para prestar o serviço. Os veículos teriam cerca de 6 anos de uso em média, contra os 12 atuais.

A reportagem também apurou com outra fonte que essa seria uma empresa sólida e uma das maiores do Brasil, porém não conseguimos apurar o nome ou a localização.

Após a organização de um contrato emergencial, devem der iniciada as tratativas para uma nova licitação.

Receba notícias do Farol em seu WhatsApp

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome