Início Política e Economia Opinião Prefeitura rouba cena de Adriano Pereira

Prefeitura rouba cena de Adriano Pereira

Não é segredo que a cidade está tomada pelo mato. A Companhia Urbanizadora de Blumenau, responsável pelo serviço de roçagem, aponta o corte de recursos como problema central. A população criticou e teve até vereador roçando mato. Mas o governo tucano lança uma boa carta no jogo: o programa Começar de Novo.

Detentos (Marcelo Martins)

Ás na mesa

A URB fechou um acordo com o Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania, para empregar presidiários no serviço de roçagem. Já são 35 homens trabalhando, mas o objetivo é chegar a 80. Além de ressocializar os detentos, o programa nacional Começar de Novo eleva a moral do governo.

Em Santa Catarina cerca de 48% dos presos tem algum trabalho e 11,7% deles estão estudando. O estado tem os melhores números do Brasil. Só não são maiores por conta dos presos temporários. E a atitude do governo tucano é sem dúvidas uma via de mão dupla para a sociedade.

Segundo informações da Confederação Nacional de Justiça, a reincidência de detentos que conseguem um emprego no primeiro ano de liberdade é de apenas 5%. Já a reincidência dos desempregados é de 95%. Do salário de R$ 1.017,00, 25% vão para o complexo prisional e o restante para o preso e família.

A atitude da prefeitura literalmente roubou a cena do vereador roçador, Adriano Pereira (PT). Finalmente ele pode se dedicar as suas atividades parlamentares.

Vereador Adriano Pereira roça mato no AG da Velha (Facebook)
- publicidade -
Sair da versão mobile