Prefeitura pode descontar dias parados de grevistas

Os servidores estão em greve a 17 dias e descumprem uma decisão judicial que determina volta dos serviços de saúde. Agora, uma decisão do Tribunal de Justiça de Santa Catarina autoriza o desconto dos dias parados desses servidores.

O novo despacho do desembargador Carlos Adilson Silva ressalta “está a merecer deferimento o pleito de desconto dos dias não trabalhados”. Apesar da greve ser amparada pela constituição, o desembargador entende que a educação e a saúde devem ser mantidas em sua totalidade.

Em nota a prefeitura pede a volta dos servidores: “solicitamos que estes retornem à suas unidades para o restabelecimento total dos serviços em prol de toda a comunidade atualmente afetada. A Prefeitura reitera sua disposição de, assim que os serviços essenciais sejam normalizados, prosseguir com as negociações e construir uma proposta em conjunto com os servidores.”

Servidores em Greve (Jaime Batista)
Servidores em Greve (Jaime Batista)

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome