Prefeitura oferece próteses dentárias gratuitas à população

A Prefeitura de Blumenau está oferecendo próteses dentárias gratuitas à população. Com o objetivo de melhorar e recuperar a estética e a funcionalidade do sorriso dos blumenauenses, os pacientes recebem, desde março deste ano, o atendimento de um dentista protesista, vinculado à Secretaria de Saúde.

Entre os meses de janeiro a abril, 121 pessoas já foram beneficiadas com próteses. Para ter acesso ao serviço, é necessário possuir renda familiar de no máximo um salário mínimo por mês e morar no município de Blumenau por pelo menos dois anos.

Segundo o gerente de Saúde Bucal, Vítor Hugo Lenzi Cristelli, os requisitos existem para organizar o acesso dos usuários às próteses. “Todos que precisam serão atendidos, mas é importante priorizar o atendimento aos usuários menos favorecidos”, comenta.

Dentista
Prefeitura oferece próteses dentárias gratuitas

O procedimento, segundo o gerente, é feito por meio de encaminhamento do cidadão pelas unidades de saúde do bairro ao especialista, que irá avaliar se há ou não necessidade do paciente utilizar a prótese. Se for necessário, o cirurgião-dentista encaminha o usuário para a assistente social, que fará uma avaliação da situação sócio-econômica dele. Ainda, se ele se encaixar nos requisitos que são solicitados, será encaminhado ao serviço especializado, explica Cristelli.

Além de melhorar esteticamente o sorriso do cidadão, a prótese restabelece a mastigação e melhora a digestão dos alimentos. Além disso, ajuda na fonética e diminui as dores musculares e de cabeça dos pacientes que sofreram com alteração da dimensão vertical de oclusão.

“Um sorriso mais bonito está diretamente associado à recuperação da autoestima das pessoas e ajuda a ressocializá-las no convívio social”, comenta o gerente.

Em Blumenau, além do serviço de protesista ofertado no Centro de Saúde do Idoso, o atendimento odontológico básico é feito em 50 unidades de saúde. A Secretaria de Saúde conta, ainda, com dois Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs), um no Ambulatório Geral Velha e outro na Policlínica. Neles são realizados os atendimentos mais complexos, como cirurgias e tratamento de canal, por exemplo. Para ser atendido nos CEOs, o paciente também precisa ser encaminhado pelo dentista de uma das 50 unidades de saúde que contam com profissionais de odontologia.

Franciele Back

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome