Início Últimas notícias Vila Germânica impede cerveja com aroma de cannabis na Oktoberfest

Vila Germânica impede cerveja com aroma de cannabis na Oktoberfest

O Parque Vila Germânica notificou uma das cervejarias expositoras da 37ª Oktoberfest para a retirada de uma cerveja com aroma semelhante a cannabis, a maconha. O próprio prefeito de Blumenau se envolveu nas discussões.

A organização da maior festa alemã das Américas pediu a retirada de um dos tipos de cerveja que seria ofertado nos 19 dias de festa. A determinação para a notificação foi dada pelo próprio prefeito da cidade, Mário Hildebrandt.

“Uma festa de tradição alemã, de cultura e gastronomia germânica não pode oferecer qualquer produto que faça alusão ao uso de drogas. Vai contra a missão da festa, contra o que é a cultura alemã e, principalmente, contra os princípios de festa de família que temos buscado construir ao longo dos últimos anos”, destaca o prefeito.

Já a empresa Balbúrdia Cervejaria afirmou que recebeu com surpresa a notificação “solicitando a retirada de comercialização da cerveja Balbúrdia Hemp da festa”. O produto teria os devidos registros no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, não contendo qualquer produto ilegal na sua composição.

Hemp Cerveja

Os aromas semelhantes à cannabis são derivados de terpenos botânicos extraídos de flores e outras plantas, e também do lúpulo, não possuindo qualquer princípio psicoativo. Tais cervejas são comercializadas legalmente no Brasil e em outros países, sendo inovadoras do ponto de vista sensorial e trazendo uma experiência degustativa para os apreciadores das cervejas artesanais. Apesar da retirada de comercialização da Oktoberfest, a Balbúrdia Cervejaria continuará presente nesta edição da festa com outras cervejas e a Balbúrdia Hemp estará disponível, a partir de hoje, nos bares da cervejaria em Blumenau e Itajaí. Ein prosit!

Fundo contra as drogas

Já a administração municipal comunicou por meio de nota o “compromisso com as causas sociais e a missão de deixar um legado com a história da Oktoberfest, que vai além do turismo e da tradição germânica, tão fortes ao longo dos 37 anos da festa”.

Desde a edição de 2018 ocorre o repasse do valor bruto referente a 1% da venda de bebidas alcoólicas na Oktoberfest ao Fundo Municipal para Ações de Políticas Públicas sobre Drogas (Fremad). O valor é destinado para ações de prevenção e tratamento de dependência de álcool e outras drogas no município de Blumenau.

- publicidade -
Sair da versão mobile