Preço da gasolina vai subir 18,8% e o do diesel em 24,9%

A Petrobras anunciou nesta quinta-feira (10) reajustes de preços de venda de gasolina e diesel para as distribuidoras após 57 dias sem mudança. O gás de cozinha também terá reajuste no preço após 152 dias da última alteração.

O preço médio de venda da gasolina da Petrobras para as distribuidoras passará de R$ 3,25 para R$ 3,86 por litro, um aumento de 18,8%. Para o diesel, o preço médio passará de R$ 3,61 para R$ 4,51 por litro, uma alta de 24,9%.

Já o GLP, o gás de cozinha, o preço de venda para as distribuidoras subiu 16,1%, e passará de R$ 3,86 para R$ 4,48 por kg, equivalente a R$ 58,21 por 13 kg.

Reajuste na gasolina - foto de Marcelo Camargo/Agência Brasil
Reajuste na gasolina – foto de Marcelo Camargo/Agência Brasil

Justificativas

A Petrobras informou que apesar da disparada dos preços do petróleo e seus derivados em todo o mundo, nas últimas semanas, como decorrência da guerra entre Rússia e Ucrânia, decidiu não repassar a volatilidade do mercado de imediato, fazendo monitoramento diário dos preços de petróleo.

“Após serem observados preços em patamares consistentemente elevados, tornou-se necessário que a Petrobras promova ajustes nos seus preços de venda às distribuidoras para que o mercado brasileiro continue sendo suprido, sem riscos de desabastecimento, pelos diferentes atores responsáveis pelo atendimento às diversas regiões brasileiras: distribuidores, importadores e outros produtores, além da Petrobras”, disse o comunicado.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome