PIB catarinense deve ser onze vezes maior que o nacional

Eurofios (Divulgação)
Indústria em queda (Divulgação)

Enquanto que a projeção do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro despenca, Santa Catarina deve fechar o ano com crescimento econômico de 3,1%, onze vezes mais do que os 0,28% divulgados pelo boletim Focus, do Banco Central, de projeção de crescimento para o país.

O Estado sulista também está sendo afetado pela recessão econômica que o país enfrenta, mas continua crescendo. Santa Catarina gerou 9,4% dos empregos no Brasil de agosto de 2013 a julho de 2014. A taxa de crescimento é duas vezes superior à nacional.

A produção industrial recou 0,1%, e a venda de automóveis -3,2% nos últimos 12 meses. A intenção de consumo das famílias catarinenses teve pequena melhora em agosto, mantendo-se no patamar de 130-140 de 200 pontos, números otimistas segundo a Secretaria de Estado da Fazenda.

A inflação no estado nos últimos 12 meses está acumulada em 6,5%.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome