sexta-feira, 2 de junho de 2023
15.5 C
Blumenau

Petrobras anuncia mudança na política de preços de combustíveis

A Petrobras anunciou por meio de comunicado ao mercado ontem (15) que mudou a política de preços de combustíveis. Vigorava desde 2016 uma política de preço que acompanhava o dólar e o valor do petróleo no mercado internacional.

Segundo o comunicado, a fórmula será “o custo alternativo do cliente, como valor a ser priorizado na precificação, e o valor marginal para a Petrobras”. Também informou que não haverá periodicidade definida, evitando volatilidade de preços.

O chamado custo alternativo do cliente “contempla as principais alternativas de suprimento, sejam fornecedores dos mesmos produtos ou de produtos substitutos”, já o valor marginal para a Petrobras é baseado “no custo de oportunidade dadas as diversas alternativas para a companhia dentre elas, produção, importação e exportação do referido produto e/ou dos petróleos utilizados no refino”.

Na prática, o valor de combustíveis como gasolina e diesel não variar tanto como quando ocorrem aumentos no preço do Petróleo. “Com a mudança, a Petrobras tem mais flexibilidade para praticar preços competitivos, se valendo de suas melhores condições de produção e logística e disputando mercado”, diz a nota.

Reajuste na gasolina
Reajuste na gasolina – foto da EBC

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) questionou a política do preço dos combustíveis durante as eleições. Em 2018 o governo de Michel Temer chegou a afirmou que iria discutir a política de preços, mas acabou mantendo o formato.

Sendo a Petrobras uma companhia mista, o Governo Federal a controla parcial ao indicar membros da diretoria.

Redação
Redação
Acompanhe nosso trabalho diariamente.
+ notícias

Últimas notícias

- publicidade -

Mais lidas