Penitenciária Industrial de Blumenau é inaugurada

unnamed

A Penitenciária Industrial de Blumenau, que faz parte do Complexo Penitenciário do Médio Vale do Itajaí, foi entregue nesta quarta-feira (27) ao Departamento de Administração pelo governador Raimundo Colombo.

Também foram apresentados os 119 servidores que vão trabalhar no complexo e foi lançada uma Nota Técnica para programas de ressocialização na unidade. Ela deve funcionar em um prazo de aproximadamente 30 dias.

“Esta é uma estrutura que está totalmente preparada para cumprir um papel importante na ressocialização do preso, que terá a oportunidade de reconstruir sua vida. A nova unidade vai resolver também um problema grave, que é o presídio atual de Blumenau”, disse o governador.

Penitenciária

A estrutura com 8,6 mil metros quadrados recebeu investimentos de R$ 36 milhões e terá capacidade para 599 apenados do regime fechado. São 72 celas coletivas com 576 vagas (oito presos por cela), nove celas para portadores de necessidades especiais e 14 celas individuais para triagem.

 

A Penitenciária de Blumenau segue os padrões exigidos pela Lei de Execuções Penais (LEP) com oficinas de trabalho, parlatórios, salas para visita íntima, solários, área administrativa, ambiente de ensino, espaço para atendimento médico e odontológico, tudo de acordo com as normas de acessibilidade de Portadores de Necessidades Especiais e com a resolução do Conselho Nacional de Política Penitenciária.

O local também abrigará, futuramente, um presídio provisório com 352 vagas para quem aguarda julgamento e 240 vagas para o regime semiaberto. As duas novas construções, ainda sem data para as licitações, vão caracterizar a denominação de Complexo Penitenciário de Blumenau, composto por três unidades prisionais.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome