Papa reverencia estátua da igualdade entre judaísmo e cristianismo

noticias_da_rua_judaica_02_10_15_clip_image002_0002

O Papa Francisco fez uma visita surpresa a uma estátua que comemora o diálogo entre a Igreja Católica e o judaísmo na Universidade de Saint Joseph, na Filadélfia, no domingo passado, dia 04 de outubro.

O Papa, cercado por um anel de espectadores que inundaram o campus ao saber da sua chegada, ficou por alguns segundos em frente da estátua, aparentemente arrebatado em pensamento e em seguida a abençoou, jogando água benta.

De acordo com o porta-voz do Vaticano, a visita marcou o 50º aniversário da Nostra Aetate, uma declaração do Concílio Vaticano II sobre a relação da Igreja com as religiões não cristãs, entre elas o judaísmo. A declaração de 1965, entre outras coisas, repudiou a doutrina cristã de que os judeus foram coletivamente responsáveis pela morte de Jesus e condenou o antissemitismo.

noticias_da_rua_judaica_02_10_15_clip_image004_0001

Em contraste com muitas estátuas que retratam a relação entre o cristianismo e o judaísmo, como a submissão do último para o primeiro, a estátua na Universidade Saint Joseph mostra as duas figuras que conversam em pé de igualdade.

“Esta estátua é exatamente uma demonstração de duas irmãs com a mesma dignidade: a igreja e a sinagoga”, disse o porta-voz do Vaticano, reverendo Federico Lombardi.

Com informações do Rua Judaica

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome