Ocupação europeia e conflitos com os índios no território catarinense

Índios eram caçados pelos bugreiros
Índios eram caçados pelos bugreiros

Quando da chegada dos primeiros europeus, a distribuição de grupos indígenas no que é o atual Estado de Santa Catarina, era a seguinte: os Carijó, que ocupavam estreita faixa ao longo do Litoral; os Xokleng, que viviam na região dos vales até o Planalto, formado por grupos nômades que circulavam por um território que ia das proximidades de Curitiba até Porto Alegre; os Caingang, ocupantes mais para o interior do Planalto e Oeste e, finalmente, muito provavelmente em partes do extremo Oeste, os Guarani, ocupantes da região do atual Paraguai.

Os indígenas que os primeiros europeus encontraram na região de Blumenau foram, portanto, os Xokleng. Ao contrário dos Guarani do Litoral, mais amistosos e até bons anfitriões e que rapidamente foram caçados como escravos e dizimados totalmente até fins do século XVII, os Xokleng logo ofereceram resistência e lutaram bravamente, ao perceberem o rápido avanço daqueles estranhos homens e mulheres não nus como eles, mas que usavam roupas e calçados e que, com uma eficiente tecnologia, causavam uma veloz supressão do habitat. Na imagem, os bugreiros e os índios capturados em processo de pacificação.

Memória Digital: os bugreiros. Redação da Fundação Cultural de Blumenau / Arquivo Histórico José Ferreira da Silva / Bacca, Lauro Eduardo: Meio ambiente em Blumenau: da Pré-história à História p. 19-56. Revista Blumenau em Cadernos – Edição Especial 1957-2007. Tomo XLVIII. Número 11/12

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome