Ocorrências em sete bairros de Blumenau por conta do temporal

A Defesa Civil de Blumenau registrou mais de dez ocorrências por conta dos fortes ventos que atingiram a Blumenau durante a madrugada desta quinta-feira (3). Os bairros afetados foram Boa Vista, Ponta Aguda, Vorstadt, Ribeirão Fresco, Velha, Passo Manso e Progresso.

As equipes da Secretaria de Conservação e Manutenção Urbana (Seurb) trabalharam desde às 5h da manhã atendendo as ocorrências, fazendo o recolhimento dos materiais e desobstrução das ruas atingidas. Todas as vias já foram liberadas.

Foi registrada queda de árvore sobre a Rua Carlos Reichbieter, no bairro Boa Vista e na Rua Guilherme Poerner, no bairro Passo Manso. Na Rua Pastor Oswald Hesse, no bairro Ribeirão Fresco, houve queda de árvore sobre a rede elétrica e sobre a via. Ainda no bairro Passo Manso, um alagamento foi registrado na Rua Wilson Bornhausen e uma árvore atingiu o quintal de uma residência. Já no bairro Ponta Aguda, uma casa foi destelhada na Rua das Missões. A Defesa Civil forneceu 6 kits de lona para cobrir os móveis e minimizar as perdas.

Região Oeste de Blumenau foi a mais afetada durante a madrugada.
Região Oeste de Blumenau foi a mais afetada durante a madrugada.

Os moradores da Rua Porto Weigmann, localizada no bairro Velha, Rua Johann G. H. Hadlich e Rua Mathias Reiter, ambas no Passo Manso, ficaram sem energia elétrica depois que galhos caíram sobre a fiação. A queda de árvores sobre a Rua Jacob Bornhofen, no bairro Passo Manso provocou a interdição da via. No bairro Vorstadt, houve queda de árvore na Rua Itajaí. A Defesa Civil registrou ainda uma queda de barreira da Rua Jovêncio Formento Filho que atingiu a Rua Júlio Heiden, no bairro Progresso. Entretanto a via já foi liberada.

As Estações Meteorológicas da Defesa Civil de Blumenau registraram cerca de 25mm de chuva em apenas uma hora nos bairros Passo Manso e Nova Rússia. Já a estação Ruy Barbosa, na região do Garcia, registrou 20,2mm de chuva. Na estação do Parque Ramiro Ruediger foram registrados 24 mm de chuva até as 3h45 da manhã. O temporal foi causado por áreas de instabilidade, associadas ao deslocamento de um sistema de baixa pressão por Santa Catarina.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome