Obra da República Argentina inicia demolições de casas desapropriadas

Obra da República Argentina ganha frente de trabalho com demolições de casas desapropriadas - foto da Semob
Obra da República Argentina ganha frente de trabalho com demolições de casas desapropriadas – foto da Semob

Teve início nesta semana a demolição de propriedades localizadas na Rua República Argentina, no bairro Ponta Aguda, indenizadas pela Prefeitura para continuidade da obra de revitalização. Com a desobstrução do local, novas frentes de serviço serão vistas entre a saída do prolongamento da Rua Chile até a Ponte dos Arcos.

De acordo com o a Secretaria Municipal de Obras (Semob), a intenção agora é intensificar os trabalhos neste trecho da República Argentina. “Sabemos da importância deste binário para o fluxo entre a região do Centro com o Leste da cidade e por isso concentraremos nossos esforços para concluir a obra no menor tempo possível”, avalia o secretário da pasta, Edson Brunsfeld.

O investimento da Prefeitura na revitalização da República Argentina é de R$ 18 milhões, valor este financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Com quase 90% dos serviços executados, as obras contemplam a implantação de uma rotatória para facilitar o acesso à BR-470 por meio da Rua Silvano Cândido da Silva Sênior, além de outros 4,2 quilômetros de extensão de ciclovias e calçadas.

A Rua Chile, por sua vez, ganha um prolongamento de 280 metros de extensão às margens do Rio Itajaí-Açú.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome