O Brasil perde Ben Abraham

Ben Abraham
Ben Abraham

Jornalista polonês Ben Abraham resistiu ao confinamento imposto pelos alemães em Auschwitz; ele morava no Brasil desde 1955 e completaria 91 anos em dezembro.

O sobrevivente do Holocausto, Sr. Ben Abraham z´l, faleceu nesta sexta-feira (09) na cidade de São Paulo. Polonês de Lodz, filho de Abraham Nekrycz e de Ida Nekrycz, Abraham sobreviveu ao gueto de sua cidade natal e aos campos de concentração durante a ocupação alemã sobre seu país.

Depois de passar pelos campos de Brauschweig, Watenstadt e Ravensbruck entre 1943 e 1945, acabou confinado em Auschwitz onde sua família foi dizimada. Dentre 200 parentes seus apenas ele e um primo sobreviveram.

Como presidente da Associação dos Sobreviventes do Holocausto (Sherit Hapleitá) no Brasil, Ben Abraham z´l defendia que os jovens aprendessem nas escolas o que aconteceu durante o Holocausto.

“Hitler foi eleito nas eleições livres e democráticas. É preciso alertar em quem votar, para não sermos iludidos como aconteceu com o povo alemão”, dizia ele. “É preciso aprender a história do passado para viver no presente e enfrentar o futuro com cabeça erguida”, afirmava Abraham.

O enterro aconteceu neste domingo (11), às 11h no Cemitério Israelita do Butantã.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome