Novo atraso poderia gerar quebra de contrato com o Siga

ônibus siga transporte

Câmara Técnica que acompanha situação financeira da empresa Glória esteve reunida nesta terça-feira (15). A empresa faz parte do Consórcio Siga, o permissionário do transporte coletivo, e enfrenta problemas financeiros.

O que chamou a atenção foi uma declaração divulgada site Coletivo na Rede, que pertence ao Sindentranscol, que o contrato entre a Prefeitura e o Consórcio poderia ser quebrado caso ocorra nova paralisação. A declaração foi feita por um representante do Seterb – Serviço Autônomo Municipal de Trânsito e Transporte de Blumenau.

Ainda de acordo com o site, a próxima reunião acontece no dia 05 de outubro, um dia antes do pagamento dos salários dos trabalhadores. O rompimento, portanto, poderia acontecer no início do próximo mês.

Blumenau registrou duas paralisações parciais do transporte coletivo em sessenta dias. Nos dois casos foi pelo atraso no pagamento dos trabalhadores da empresa. Fazem parte da Câmara Técnica o sindicato da categoria, o Sindetranscol, técnicos contábeis e operacionais do Seterb e representantes das empresas do Consórcio Siga.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome