Nascar: Joey Logano desbanca favoritos e vence Daytona 500

Joey Logano festeja com a equipe a primeira vitória em uma Daytona 500 na carreira (Kansas City)
Joey Logano festeja com a equipe a primeira vitória em uma Daytona 500 na carreira (Kansas City)

É de Joey Logano e da Penske a vitória da mítica Daytona 500 de 2015, tradicional prova de abertura da temporada da Nascar Sprint Cup Series. Com uma pilotagem tranquila mas meticulosa, Logano realizou o sonho de vários botas americanos de vencer no lendário oval de Daytona Beach (Flórida), depois de 200 voltas de emoção, mas também de tranquilidade, com poucas bandeiras amarelas e apenas dois acidentes mais “sérios”.

Logano, no entanto, teve trabalho nas primeiras voltas ao duelar contra feras como Jimmie Johnson e Jeff Gordon, mas mostrou tranquilidade e calma para conduzir o Fusion 22 de Roger Penske a vitória no oval de Daytona, apertando o ritmo nas últimas voltas para tomar a ponta.

A prova terminou sob bandeira amarela, mas nada que tirasse a emoção pela briga da liderança nas últimas voltas anteriores a sinalização. O segundo lugar ficou com Kevin Harvick (Chevrolet), atual campeão da Sprint Cup, seguido de perto por Dale Earnhardt Jr. (Chevrolet), um dos favoritos a vencer e líder de 32 voltas da corrida. Denny Hamilin (Toyota) fechou os quatro primeiros da prova.

Jeff Gordon correu pela última vez uma Daytona 500. Ele se aposentará da categoria ao fim da temporada (Jared C. Tilton/Getty Images)
Jeff Gordon correu pela última vez uma Daytona 500. Ele se aposentará da categoria ao fim da temporada (Jared C. Tilton/Getty Images)

Esta edição da prova marcou também a última Daytona 500 do veterano Jeff Gordon. Na categoria desde 1992, Gordon venceu a “grande corrida americana” três vezes (1997, 1999 e 2005), e foi campeão por quatro vezes do campeonato principal (1995, 1997, 1998 e 2001). Jeff foi quem mais liderou na corrida, 87 voltas, mas não conseguiu manter o bom ritimo de início de prova e acabou se envolvendo no acidente da última volta. Ele se aposentará da Nascar ao fim da temporada para, segundo ele, curtir mais a família.

Na Nascar XFinity Series, Ryan Reed (Ford) foi o grande vencedor, enquanto na Camping World Truck Series a vitória ficou com Tyler Reddick (Ford).

A Sprint Cup se reencontra novamente no dia 1 de março, em Atlanta.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome