MP pede arquivamento de denúncia contra professores acusados de assédio

Escola de Educação Básica Luiz Delfino
Escola de Educação Básica Luiz Delfino

O Ministério Público pediu o arquivamento da denúncia contra dois professores da Escola de Educação Básica Luiz Delfino que teriam cometido assédio sexual contra uma aluna de 16 anos. Eles estão afastados do trabalho.

O caso veio a tona em março após a namorada de um dos professores o ter flagrado com a garota. Os homens tem 47 e 54 anos e as relações teriam ocorrido em períodos diferentes, enquanto ela tinha 14 e 16 anos.

Com o inquérito da Polícia Civil, entregue em abril, a Justiça aceitou a denúncia. Porém o Ministério Público concluiu que a garota teria ido à casa dos professores por vontade própria, e não por meio de coação.

Caberá a Justiça decidir se arquiva os inquérito ou se pede uma nova análise da investigação. Apesar da recomendação, processos administrativos foram abertos pela Secretaria de Educação para analisar a conduta dos professores e podem resultar, até mesmo, na sua exoneração.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome