Morre piloto alemão da segunda guerra que vivia em Blumenau

O Major alemão Martin Drewes, que morava em Blumenau, faleceu nesse domingo, 13. O piloto teve 52 vitórias aéreas lutando pela Luftwaffe na segunda guerra mundial. Ele iria completar 95 anos no próximo domingo, 20.

Devido a idade avançada, ele acumulava problemas de saúde. Tudo piorou após concluir a segunda edição de seu livro, Sombras da Noite, a qual ele considerava sua missão final. Na obra ele depositou todas as suas forças.

História

Nasceu em 20 de outubro de 1918 na cidade alemã de Salzgitter. Sua carreira vitóriosa começou no exército, pilotando tanques de guerra. Mas devido a um sonho antigo, foi transferido para a aviação.

Era o último piloto vivo que lutou no Iraque. Ao voltar da África, Drewes teve a missão de defender o Reich. Seu alvo era os bombardeiros inimigos que massacravam as cidades alemãs. Em seu Messerschmitt Bf 110, abateu 52 aeronaves inimigas. Depois da guerra veio morar no Brasil.

rp_me110-caca-noturno-foto-avions-legendaires.jpg
Avião que pilotou

Martin construiu uma nova vida na América do Sul. Tinha encontros frequentes com veteranos de guerra do Brasil e de outros países. Sempre foi cordial e educado, ressaltando que lutou para defender sua pátria. Desde que perdeu sua esposa, a três anos, já não tinha a mesma vontade de viver.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome