Ministro libera R$ 20,9 milhões para a barragem de José Boiteux

Ministro Gustavo Canuto em reunião com na terra indígena Laklãnõ-Xokleng - foto de MDR
Ministro Gustavo Canuto em reunião com na terra indígena Laklãnõ-Xokleng – foto de MDR

Foram assinados ontem (20) em José Boiteux dois convênios para investimentos de R$ 20,9 milhões na recuperação da Barragem Norte, em José Boiteux. Serão realizadas ações de reparação de toda a estrutura física e operacional e a construção do canal extravasor do vertedouro da barragem.

As ações, em parceria com o Governo do Estado, visam mitigar os impactos a comunidade indígena Laklãnõ-Xokleng, que vive na região do lago de inundação. “O canal extravasor será fundamental para impedir as inúmeras perdas nas plantações causadas pelas cheias. É uma maneira de amortecer a água”, explicou o ministério do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto.

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, destacou a importância da barragem para a contenção de cheias na região. “Essa ação do Governo Federal é um ato de responsabilidade que atende a uma antiga demanda do estado. Haverá um estudo de impacto para que a gente possa fazer as interferências e minimizar qualquer dano e tornar a operação segura”, disse.

Considerada a maior barragem de controle de cheias do Brasil e do sistema que protege o Alto Vale do Itajaí contra enchentes, a Barragem Norte tem capacidade de armazenamento de 357 milhões de metros cúbicos de água.

Inauguração da ponte Osvaldo Beltramini

O ministro também inaugurou a ponte Osvaldo Beltramini, em Ibirama, nesta sexta-feira. Com 100 metros de extensão, a ponte faz a ligação das ruas Marcílio João da Silveira e Bela Vista com a Rua Leopoldo Monich.

Ponte Osvaldo Beltramini, em Ibirama - foto do MDR
Ponte Osvaldo Beltramini, em Ibirama – foto do MDR

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome