Medidas reduzem embriaguez ao volante durante a Oktoberfest

As mudanças na 30ª edição da Oktoberfest surtiram efeito. Pelo menos é o que aponta as estatísticas de embriaguez durante o período da festa. Dos 63 testes com bafômetros realizados em blitzes, apenas 37 condutores apresentaram irregularidades. Durante os 18 dias de festa em 2012, 97 casos de embriaguez foram constatados, mais do que o dobro do resultado obtido neste ano.

Chope em metro sem álcool (Foto de Marcelo Martins)

Mudanças

Com certa preocupação pelo consumo consciente de bebidas alcoólicas durante a festa, a organização deste ano inovou com seus princípios. O tradicional Concurso Nacional de Tomadores de Chope em Metro foi realizado com o chope sem álcool.

É a primeira vez que o concurso é realizado dessa forma. A organização também incluiu o chope sem álcool em todos os setores do Parque Villa Germânica, possibilitando a participação de mais foliões. A Guarda Municipal de Trânsito (GMT) também conscientizou o público em campanhas educacionais.

Lei seca

Atualmente, consumir uma lata de cerveja, uma taça de vinho ou uma dose de cachaça, uísque ou vodca é o suficiente para ser multado. Com a Lei 11705 presente no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), dirigir embriagado ou sob a influência de substâncias psicoativas pode ser considerado crime.

Além de ter que pagar uma multa de R$957,70 e obter sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), com apreensão do veículo. Porém, caso o condutor se enquadre no artigo 306 do CTB, podem-se obter penas de detenção, de seis a três anos.tores demonstraram irregularidades em virtude da bebida alcoólica.

Por Jhulian Pereira

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome