Medida provisória eleva salário mínimo a R$ 1.100 para 2021

Cédulas de 50 reais - foto da Agência Brasil
Cédulas de 50 reais – foto da Agência Brasil

Uma medida provisória publicada ontem (30) pelo presidente Jair Bolsonaro reajustou o salário mínimo para R$ 1.100. Isto significa que não haverá aumento real, ante previsão 5,22% do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

A vigência do novo salário mínimo terá início em 1º de janeiro e será aplicável para trabalhadores do setor privado e público, e pensões.

Em meados de dezembro, o Congresso havia aprovado a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2021, fixando o salário-mínimo em R$ 1.088. Apesar disso, a previsão de inflação será maior que o previsto na proposta.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome