domingo, 27 de novembro de 2022
20 C
Blumenau

Marcos da Rosa solicita que Napoleão não desconte os dias dos grevistas

Marcos da Rosa (Renan Olaz | Ag CamaraBlu)

O vereador democrata Marcos da Rosa, que é da base do governo na Câmara de Vereadores de Blumenau, solicitou através da Indicação Nº 6348/14 que o prefeito Napoleão Bernardes (PSDB) não desconte os dias parados dos grevistas. A proposição foi assinada por membros da base, da situação e oposição.

Marquinho propõe que o desconto não seja feito para que “os mesmos tenham condições de fazerem a reposição dos serviços que foram prejudicados em virtude da paralisação”.

Aprovada na Câmara, a proposta recebeu elogios, mas, também, muitas críticas na internet. “Se infringiram a lei que da direito a greve, tem que descontar mesmo, pois prejudicaram a população, especialmente aos mais carentes”, destacou o internauta Gil Pereira Dias.

Fugindo da polêmica, Marquinho respondeu os comentários. “Agradeço pelos comentários, mas gostaria que entendessem que a proposição é no sentido de contribuir para o término da greve, e se for aceita somente não terá o desconto quem recuperar os dias parados e cumprirem um calendário de reposição. […] Gostaria que entendessem que não posso ficar omisso e qualquer ação, inação, opinião, serei criticado por parte da população, mas mesmo sabendo disso não posso ficar indiferente. O momento é de darmos as mãos e procurarmos uma solução”, justificou.

Vereadores aprovam moção pelo fim da greve

Durante a Sessão Ordinária da terça-feira (24), na Câmara de Vereadores, foi aprovada uma Moção de Apelo à justiça para por fim aos mais de 30 dias de greve. Ela pede à justiça que julgue o mérito da ação e diga se ela é legal ou ilegal. Isso teria impacto direto na continuidade ou não do movimento.

Redação
Redação
Acompanhe nosso trabalho diariamente.
+ notícias

Últimas notícias

- publicidade -

Mais lidas