terça-feira, 29 de novembro de 2022
21.1 C
Blumenau

Líder do PT considera provocação pacote anti-corrupção do MPF

Sibá Machado (Luis Macedo / Câmara dos Deputados)
Sibá Machado (Luis Macedo / Câmara dos Deputados)

Um pacote do Ministério Público Federal (MPF) prevê drásticas mudanças para o combate a corrupção no país, entre elas aumento da pena máxima para corrupção de 12 para 25 anos de prisão, a classificação da corrupção como crime hediondo e multa, suspensão e até mesmo a cassação do registro de funcionamento de partidos políticos envolvidos com desvios de dinheiro público.

Assine gratuitamente o boletim de notícias do Farol

As propostas foram enviadas ao Congresso Nacional e depende da iniciativa de parlamentares para serem transformadas em projetos de lei, e, com a aprovação, da sansão da presidente Dilma Rousseff.

Mas em entrevista ao jornal O Globo, o líder do Partido dos Trabalhadores na Câmara dos Deputados, Sibá Machado (AC), qualificou de provocação o pacote de medidas sugeridas. “Esse projeto dialoga com os tucanos. Isso aí é uma provocação”, disse.

Porém, Sibá também declarou que “ninguém vai matar ideia alguma antes de discutir. Mas, do jeito que está, parece que tem como objetivo atingir um partido apenas”.

Você pode conferir a opinião de outros parlamentares clicando aqui.

Redação
Redação
Acompanhe nosso trabalho diariamente.
+ notícias

Últimas notícias

- publicidade -

Mais lidas