Leitores criticam trecho da BR-470 em Blumenau

Trecho próximo ao trevo da Mafisa (Rogério Jr./Farol Blumenau)

A calamitosa situação da BR-470 já faz parte do dia a dia do Vale do Itajaí. Porém, o trecho entre os quilômetros 51 e 54, entre o viaduto da Via Expressa e o trevo da Itoupavazinha, chama a atenção pelo péssimo estado de manutenção.

É comum que os motoristas andem em zigue-zague para esquivar das irregularidades no asfalto. A reportagem registrou constantes frenagens para evitar os buracos, agravando ainda mais os congestionamentos diários.

Os leitores do Farol levantaram o tema através do Conselho Editoral. “É uma falta de respeito do governo com a população da região de Blumenau. Já tive prejuízo mais de uma vez por conta de buracos neste trecho. A BR-470 precisa de obras urgentemente”, manifestou o leitor Eliseu Souza.

Susan Mueller criticou a condição do asfalto na saída da Rua Ari Barroso, bairro Salto do Norte, para a BR-470. “Além da pista estar bem danificada, não tem nenhuma iluminação, com exceção da luz dos faróis dos carros. Dá medo transitar neste trecho.”

Questionado pelo Farol, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) manifestou por meio de nota que os problemas devem ser sanados:

“Este segmento, do km 51 ao 54 da BR-470 em Blumenau, está inserido no contrato de conservação da empresa LCM, em andamento. Estão sendo realizadas obras de fresagem e capa asfáltica em vários pontos neste trecho com o objetivo de sanar estas irregularidades.”

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome