Justiça mantém prisão de candidata envolvida em apreensão de maconha

A candidata a vereadora Noemi da Silva (PL) por Blumenau teve a prisão convertida para preventiva após ser flagrada em posse de 190 quilos maconha junto com um homem ontem (26). Em nota, o Partido Liberal afirmou que “vai aguardar a conclusão das investigações com toda a cautela necessária”.

A prisão de Noemi ocorreu após a Polícia Militar localizar drogas com um motociclista que saiu de uma residência onde a candidata e outro homem estava. A dupla também tentou sair do local, mas foram levados novamente até a casa.

No local estavam uma espingarda calibre 36, uma espingarda calibre 12, uma carabina calibre 380, um revólver calibre 380, munições de diversos calibres, R$ 17 mil e 190 quilos de maconha em tabletes. Os três envolvidos foram presos em flagrante e a prisão da candidata foi convertida para preventiva pelo Poder Judiciário.

Candidata a vereadora pelo Partido Liberal Noemi da Silva
Candidata a vereadora pelo Partido Liberal Noemi da Silva

Noemi era candidata com o número 22300 pelo Partido Liberal. A direção do partido no município afirmou que o fato é “objeto de análise e deliberação juntamente com a Executiva Estadual do partido […] O PL avaliará as previsões estatutárias da sigla, uma vez que trata-se de assunto de ordem de comportamento pessoal e não relacionado diretamente ao contexto político-partidário”.

O Farol tentou contato com a defesa jurídica da candidata, mas não obteve retorno até a publicação da reportagem.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome