Justiça concede liminar de bloqueio financeiro do Siga

Alguns trabalhadores da Glória voltaram ao trabalho antes da decisão (Foto de arquivo)
Alguns trabalhadores da Glória voltaram ao trabalho antes da decisão (Foto de arquivo)

Uma decisão liminar requerida pelo Ministério Público do Trabalho para o bloqueio financeiro de 30% do Consórcio Siga e das empresas Rodovel, Glória e Viação Verde Vale foi concedida nesta quinta-feira (24) pela Justiça do Trabalho.

A medida visa assegurar o pagamento do salário do mês de dezembro de 2015 dos trabalhadores do transporte coletivo de Blumenau. Os valores das passagens pagas, em dinheiro e pelo cartão Siga, também terão este fim.

Além disso, na ação cautelar consta que o Sindicato dos Empregados das Empresas Permissionárias do Transporte Coletivo Urbano de Blumenau (Sindetranscol) proceda à negociação coletiva o pagamento do 13º salário dos empregados.

Uma fonte anônima ligada aos trabalhadores garante que a medida pode significar o restabelecimento do serviço. Já na eminência da decisão, alguns funcionários da maior empresa, a Nossa Senhora da Glória, voltaram a prestar o serviço. Três ônibus foram apedrejados por pessoas não identificadas.

A Prefeitura Municipal manifestou em nota a imprensa que “agora, a expectativa da Administração Municipal é que o funcionamento do serviço seja restabelecido para os cidadãos blumenauenses.”

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome