Juíza decreta prisão de motorista envolvido no acidente da BR-470 em Indaial

Everton e Adriana faleceram na terça-feira após acidente no Km 70 da BR-470 (Facebook)
Everton e Adriana faleceram na terça-feira (Facebook)

A juíza de direito Leila Mara da Silva, da Vara Criminal de Indaial, decretou a prisão preventiva do motorista Geovani dos Santos Machado, envolvido no acidente que culminou na morte de um casal na BR-470 em Indaial.

No ofício expedido nesta segunda-feira (27), a juíza determina que um oficial de justiça ou autoridade policial prenda Geovani preventivamente. Esse recurso é usado como medida cautelar para evitar a fuga do suspeito.

Tragédia

O acidente aconteceu na terça-feira (21) quando o Volkswagem Gol de Giovani rampou no trevo do Km 70, em frente ao posto Zandoná, colidindo com o Peugeot 207 onde estavam as vítimas.

O casal Adriana Juceli Cattoni e Everton Kreutzfeld deixou órfão um bebê de um ano e sete meses, que estava no carro mas sobreviveu ao acidente.

Bombeiros e policiais que atenderam a ocorrência constataram que Giovani estava alterado e com cheiro de álcool.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome