Irânicas – e ainda isso?

Alguém merece? (Reprodução/adaptação)

Em minúsculas: ele veio com mais uma! O mais pior de todos, Ronaldinho Gaúcho, agora canta o infame funknejo junto com os não menos intragáveis João Lucas e Marcelo. E a culpa? Evidente que é de quem ouve.

E durante o confronto na UFSC desta semana, os acadêmicos lutaram por melhores condições… de fumar maconha no campus!! Isto é realmente importantíssimo. A próxima reivindicação deverá ser a inauguração de uma casa de massagem dentro do campus.

As autoridades até agora não se entenderam sobre o assunto. De um lado, reitoria defendendo os babacas que teimam em achar que universidade é lugar de ficar chapado. Do outro, polícia querendo resolver tudo na base da porrada.

Um lado morde, o outro assopra.

Minha Casa Minha Prisão

E um morador do condomínio Minha Casa Minha Prisão (location Progresso) teve todos os seus móveis roubados por vizinhos! Esta coluna tem amigos que moram nesse “lugar” (pra não dizer outra coisa) e francamente não sabemos como eles aguentam. São reféns de bandidos em troca de moradia barata.

Economia maluca
(Adaptação)

Economia maluca 3 – A vingança

E a série continua! Parece que o Brasil dá pano pra manga, e Blumenau é Brasil também, embora esteja no Vale Europeu (?)!

Segundo pesquisa Datafolha publicada esta semana, Florianópolis é a quarta cidade mais cara do país para comer fora de casa. Bem pertinho de nós – em quilômetros e em preço.

Antigamente, quando alguém fazia um desafeto, talvez pudesse desejar o mal do(a) mesmo(a), podendo até arquitetar uma vingança, encomendando um “trabalho”, torturando o infeliz ou roubando-lhe o cônjuge.

Hoje a modernidade traz mais opções, menos visadas, mas igualmente cruéis.

Basta o(a) ofendido(a) levar o(a) ofensor(a) a um restaurante, cinema ou barzinho da moda em Blumenau (ou pior, Florianópolis), e, depois de uma noitada, fazê-lo(a) pagar a conta.
Isso dói.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome