Irânicas Marco Civil edition – por que Ella não veio?

marco-civil-da-internet
(Divulgação)

Um marco político na internet brasileira?

Sancionado na semana que passou, o Marco Civil da internet brasileira está sendo festejado, por um lado, como uma reação à espionagem internacional feita pelos EUA, e, por outro lado, temido, por aquilo que potencialmente é um controle do governo brasileiro sobre a rede. Nunca antes na história deste país um governo sancionou regras para o que é publicado na rede.

Me expliquem esse trem aí!

Regras que até agora não são muito claras – é preciso ter duas faculdades, a de direito e a de computação, para entender os meandros da lei. Lei que daqui a alguns meses estará valendo – vamos esperar para ver como ela funciona na prática, e voltaremos ao assunto.

solar111
(Daily Star/Reprodução)

Ella Buchan não passou por aqui

Esta semana a publicação britânica Daily Star publicou matéria da repórter-bagaça Ella Buchan sobre as atrações da capital catarinense. Ella esteve em todas as boates, beach clubs, botecos e até no mercado público, dando dicas para todos os gostos, bolsos e estilos. Não deve ter sido difícil. Se ela tivesse vindo para Blumenau, aí sim, encontraria alguma dificuldade.

Turismo não é assim, é assim

Na nossa cidade, o centro não tem vida noturna. Os bairros também não têm vida noturna. Vida noturna existe na Vila Germânica – e onde mais?

Os poderes público e privado da eurocity promovem eventos culturais, que são muito legais e etc., mas insistem em ignorar uma coisa: que os turistas gostam mesmo é de beber, alguns, de dançar, mas não sempre no mesmo lugar, na mesma data, hora e vestidos com o mesmo traje. Turista gosta de beber todos os dias do ano, todas as horas do dia, e de preferência na esquina mais próxima, e não necessariamente com um tema pré-definido.

notebook_01
(Marcelo Casal Jr/Agência Brasil)

Assim como?

O que leva o leitor à pergunta: quem é o Iran para dizer como deve ou não deve ser conduzido o turismo blumenauense? Ora, essa é fácil de responder. Sou um TURISTA. Em potencial.

Antes de ir embora

Enquanto o Marco Civil não me censurar, vou seguir ironizando em algum lugar desta cidade virtual. Fui!

Receba notícias do Farol em seu WhatsApp

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome