Ir ao psicólogo é coisa pra louco?

A psicologia é o estudo do comportamento humano, uma ciência que se foca em compreender a mente humana e suas relações. O psicólogo clínico é um profissional especializado em técnicas que levam o paciente a relatar seus medos, suas culpas, seus pensamentos sobre a vida e seus problemas.

Tratamento (Mulher com Saúde)

Ele pode auxiliar o indivíduo na compreensão dos processos que vivência e, além disso, ajuda a pessoa a se conhecer de fato como ela é, tornando-se esse um processo de lapidação.

Preconceito

Algumas pessoas alimentam preconceitos e receios sem fundamentos que por muitas vezes as impedem de procurar ajuda. Infelizmente ainda existe uma ideia errônea de que psicólogo é coisa para louco, e isso é algo que nunca foi verdade.

Nos dias atuais existem pessoas com altos níveis de estresse com uma relação conturbada entre amigos e familiares com problemas e sintomas que não sabem de onde vêm, dificuldades no relacionamento, com problemas de aprendizagem, impacientes, impulsivos, ou até mesmo sem saber que carreira ou curso seguir. Essas são apenas algumas questões que podem sinalizar a necessidade de ajuda de um Psicólogo.

Basta iniciativa

Mas não é necessário haver quaisquer sintomas citados a cima para poder procurar um profissional. O psicólogo pode proporcionar um atendimento para um paciente sem nenhum tipo de problema especifico, mas que deseje apenas se empenhar na busca de autoconhecimento para uma melhor qualidade de vida e desenvolvimento pessoal e interpessoal.

Portanto, é importante deixar claro que Psicólogo não é coisa pra louco, e compreender o real papel desse profissional da saúde é fundamental para que a sociedade busque auxílio e enfrente seus medos, melhorando assim a qualidade de vida.

A autora é psicologa e colaboradora do Farol.

4 Comentários

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome