Investimento em Saúde é 68% maior do que exigido por Lei

Ambulatórios Gerais ultrapassam 10 mil atendimentos no horário ampliado
Município gasta bem mais do que deveria na Saúde

Prefeitura de Blumenau vem investindo mais de 25% da receita do município na área da saúde. O empenho atual do poder público municipal vai muito além do que é exigido pelo Governo Federal, 15% do orçamento.

O investimento é direcionado para serviços de saúde, desde a compra de medicamentos até a gestão do sistema público, incluindo o desenvolvimento científico e tecnológico e controle de qualidade promovido pelo Sistema Único de Saúde.

A secretária de saúde, Maria Regina Soar, aponta que alguns itens da tabela do SUS, do Governo Federal, não são reajustados há 15 anos, especialmente exames básicos e cirurgias de média complexidade, o que causa uma grande diferença entre o que a Prefeitura recebe e as necessidades reais.

Um exemplo é que para manter cada uma das 66 equipes de saúde das unidades de Estratégia Saúde da Família e Ambulatórios Gerais, são investidos cerca de R$ 60 mil. O repasse do Ministério da Saúde é de apenas R$ 7,5 mil por equipe.

Em números, os investimentos na saúde somaram um montante de R$ 135 milhões em 2014, chegando a 25,29% da arrecadação da cidade. Destes, R$ 2,3 milhões foram na compra de remédios e cerca de R$ 10 milhões destinados aos hospitais da cidade para ajudar no atendimento à população.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome