Intervenção no transporte coletivo chega ao fim

onibus glória Blumenau (2)
Empresa Nossa Senhora da Glória foi a única das três integrantes do Siga que sofreu intervenção (Farol Blumenau)

Prefeitura de Blumenau manifestou por meio de nota que decretou o fim da Intervenção na gestão da Glória e Consórcio Siga. O processo de Intervenção, iniciado em novembro, teve como objetivo manter o funcionamento do sistema, realizar o levantamento de dados financeiros e operacionais e garantir o pagamento dos salários dos trabalhadores em dia.

Os interventores devolveram a gestão aos empresários ontem (04) e passam a elaborar relatórios de prestação de contas ao poder público sobre o conteúdo apurado durante os 27 dias de intervenção.

Os relatórios serão analisados por uma Comissão Especial que indicará a viabilidade de manutenção do sistema ou a rescisão do contrato de concessão. O prazo para conclusão das análises dos relatórios é de até 90 dias.

Porém, a categoria já afirmou que vai paralisar as atividades logo na segunda-feira (07) pela não concordância dos interventores com a diminuição da jornada de trabalho da categoria para sete horas na empresa Glória. As outras duas empresas do sistema, a Verde Vale e Rodovel, concordaram com a mudança.

De acordo com a Prefeitura, com o fim da intervenção ficará a critério dos representantes da Glória, que voltam a controlar a empresa, a decisão sobre a diminuição da jornada de trabalho.

 

Ônibus foram retirados de circulação

Oficiais de Justiça do Paraná recolheram 27 ônibus da empresa Glória por irregularidades na compra. Porém, o Seterb informou que as tabelas de horários das linhas de ônibus do final de semana permanecem iguais, sem alterações.

As mudanças que ocorrerão nas linhas durante a semana estão sendo readequadas pela autarquia e divulgadas assim que forem definidas.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome