Internet 5G será testada na Copa do Mundo na Rússia

Operadoras foram notificadas

Responsável pelos estudos que resultarão na internet banda larga de quinta geração (5G) da empresa Huawei, o engenheiro chefe e vice-presidente de Wireless Network da empresa, Mohamed Madkour, disse nesta quarta (2) que a nova tecnologia começará a funcionar em 2020, durante a Copa do Mundo da Rússia.

Antes disso, já em 2016, haverá dispositivos móveis operando com nova geração. “O 4.5G será possível com algumas alterações da quarta geração (4G), a partir de uma cesta de softwares M2M [termo que se refere à comunicação entre máquinas] e de uma estação de base que desenvolvemos”, disse Madkour à Agência Brasil.

Segundo Madkour, a 4G funciona a uma velocidade entre 100 e 200 megabits por segundo (Mbps) e hoje já é possível acalçar algo próximo a 500 Mbps. Com a 4.5 será possível alcançar 1 gigabite por segundo (Gbps), o que corresponde a 1 mil Mbps.

“Em 2020, testaremos na Copa do Mundo da Rússia a [banda larga] 5G, a uma velocidade de 10Gbps”, adiantou Madkour. Segundo ele, em um primeiro momento a tecnologia não será disponibilizada em larga escala.

Tamanha velocidade não será necessária para pessoas normais. Para o engenheiro, essa tecnologia deve ser dirigida a novos modelos de negócio e de indústria. Como exemplo prático dessa tecnologia, Mohamed Madkour citou a possibilidade de carros se locomoverem sem motoristas.

Com informações da EBC

Receba notícias do Farol em seu WhatsApp

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome