Inflação acumulada em agosto eleva índice a 9,68% em 12 meses

Com a alta de 0,87% no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de agosto, a inflação oficial do país chegou a 9,68% en 12 meses, segundo os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na quinta-feira (9) .

Entre as 16 regiões metropolitanas pesquisadas, oito apresentaram taxas acumuladas em 12 meses superiores a 10%. A maior inflação acumulada foi verificada em Curitiba, com taxa de 12,08%. O menor acumulado de 12 meses foi registrado no Rio de Janeiro, com inflação de 8,09%.

Para o mês de agosto de 2021, todas as áreas pesquisadas tiveram inflação, sendo o maior índice registrado em Brasília (1,40%), influenciado pelas altas de 7,76% no preço da gasolina e de 3,67% na energia elétrica.

O menor resultado foi verificado na região metropolitana de Belo Horizonte, com inflação mensal de 0,43%. A região foi influenciada pela queda nos preços das passagens aéreas (-20,05%) e da taxa de água e esgoto (-13,73%).

O índice é o maior desde fevereiro de 2016.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome