domingo, 25 de setembro de 2022
18.8 C
Blumenau

Homicídios no Brasil superam os da guerra na Síria

ISIS and the Civil War in Syria
Nem a guerra civil da Síria registrou mais mortes que a violência no Brasil (Flirk)

O Brasil mata mais que um país em guerra. Entre os anos de 2011 a 2015, foram registradas mais mortes violentas aqui do que na Síria. São mais de 278 mil casos de homicídios dolosos, latrocínio, lesão corporal seguida de morte e outras decorrentes da intervenção policial no Brasil contra 256 mil mortes da guerra síria.

Os dados estão no Anuário Brasileiro de Segurança Pública, do Fórum Brasileiro de Segurança Publica, divulgado nesta sexta-feira (28). O relatório mostra, ainda, outros dados preocupantes. São 160 assassinatos por dia, um a cada nove minutos. Dessas mortes, pelo menos 9 foram provocadas por policias em 2015 por dia.

Os estados de Sergipe, Alagoas e Rio Grande do Norte são considerados os mais violentos com 50,8 e 48,6 homicídios para cada 100 mil habitantes. Já Santa Catarina tem o segundo melhor número, 14,3. Fica atrás apenas de São Paulo, que tem 11,7. No entanto, o aumento catarinense é o sexto maior entre 2014 e 2015.

O total de policiais vítimas de homicídios em serviço e fora do horário do expediente também é elevado. Ao todo, em 2015, foram 393 policiais, 16 a menos que no ano anterior. Desses, 290 foram assassinados fora do serviço. Número três vezes maior do que aqueles mortos durante o trabalho.

Com informações da EBC

Redação
Redação
Acompanhe nosso trabalho diariamente.
+ notícias

Últimas notícias

- publicidade -

Mais lidas