Há 82 anos pousava o primeiro avião em Blumenau

No dia 5 ou 7 de maio de 1932 pousava o primeiro avião em terras blumenauenses. Mas como receber uma aeronave sem um aeroporto? Para a data especial, a prefeitura providenciou uma pista onde fica agora a rua Coronel Feddersen, Itoupava Seca. As informações são do jornalista Carlos Braga Mueller, publicada no blog do Adalberto Day

Até então, segundo o autor, só planadores acendiam ao céu de Blumenau. Em 23 de novembro de 1926, um hidroplano modelo Dornier Wall cruzou o céu da cidade com um  integrante do governo alemão, Dr. Luther. Em 1927, o ministro Dr. Victor Konder fez questão de fazer um sobrevôo sobre a cidade que residia.

Mas voltando ao dia 5 de maio de 1932, a chuva caia sobre a cidade. Mesmo assim, cerca de 100 pessoas se dirigiram até a Coronel Feddersen para ver um avião pousar. “Antes, porém, nas imediações do Morro da Boa Vista, o avião guinou para a direita e retornou pelo nordeste para então aterrissar suavemente” relata Mueller.

A população festejou o pouso realizado pelo capitão Holand, que também era dono do avião. Outro passageiro era Joachim Von Ribbeck, que criou posteriormente o Aereo Loyd Iguassu Fluggesellschaft. Ele queria organizar um serviço de transporte entre o Rio de Janeiro e São Paulo com direção a Blumenau.

O cônsul alemão em Blumenau, Otto Rohkohl, fez as saudações e o avião foi armazenado em um abrigo improvisado. Se tratava de um Moth Apparat de 80 cavalos. A velocidade era de até 170 km/h.  A velocidade de cruzeiro era de 130 km/h. Segundo o autor, era um modelo seguro utilizado por escolas de pilotagem.

Primeiro Pouso Avião 1932 5 maio em Bnu 001
Primeiro avião a pousar em Blumenau (Reprodução)

Matéria baseada no artigo “O primeiro avião a pousar em Blumenau

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome