Governo reduz tarifas de importação de medicamento de HIV no Mercosul

O Ministério da Economia reduziu as tarifas de importação de 17 produtos como medicamentos para tratamento de câncer e HIV/Aids, materiais de consumo, fraldas e absorventes, que estavam na Lista de Exceções à Tarifa Externa Comum (Letec) do Mercosul. A medida começou a valer nesta quarta-feira (7).

As alíquotas caíram de até 18% para zero ou 2%. Segundo o Ministério da Economia, o objetivo é reduzir o custo de produção das empresas instaladas no Brasil e o preço dos produtos para os consumidores.

A redução de gastos é estimada em R$ 150 milhões por ano para empresas privadas e para o governo federal. A Letec permite que os países do bloco apliquem alíquotas de imposto de importação diferentes das previstas pela Tarifa Externa Comum.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome