Governo Moisés volta atrás e reduz ICMS de carnes de aves e suínos

O Governo de Santa Catarina voltou atrás e vai reduzir a alíquota de ICMS sobre carnes de frangos e suínos de 12% para 7%. O recuo ocorreu depois do fim dos subsídios sobre diversos produtos, entre eles alimentos básicos, em agosto.

O reflexo da decisão do governador Carlos Moisés em acabar com subsídios sobre produtos como carnes, gás de cozinha, pães, queijos, carnes, dentre outros, foi o aumento de até 10% no valor final. Além disso, houve ainda o aumento no consumo da produção do Paraná e Rio Grande do Sul.

Segundo o secretário de Estado da Fazenda, Paulo Eli, a medida atende a pleito da Associação dos Frigoríficos Independentes de Santa Catarina. “[…] a alíquota interestadual continua a 7% e depende de um convênio do Confaz. Enquanto não conseguimos mudar isso, voltamos a reduzir a alíquota interna para que o produto catarinense tenha mais competitividade”, explica

O Governo também já voltou atrás no aumento sobre defensivos agrícolas, que passariam de 0% para 17% em alguns casos, o que impactaria indiretamente no preço de toda a cadeia de produção de alimentos.

Produção de frango em Santa Catarina - foto de Cidasc/Secom
Produção de frango em Santa Catarina – foto de Cidasc/Secom

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome