FURB completa 50 anos

FURB 50 anos - De acordo com o Reitor, Prof. João Natel Pollonio Machado a FURB neste seu cinqüentenário inova seus métodos, conectada com o futuro e comprometida com o desenvolvimento regional, oferecendo um ensino de qualidade, pesquisa de excelência e centenas de projetos de inserção social, consolidando assim sua posição de destaque no ensino superior brasileiro
FURB 50 anos – De acordo com o Reitor, Prof. João Natel Pollonio Machado a FURB neste seu cinqüentenário inova seus métodos, conectada com o futuro e comprometida com o desenvolvimento regional, oferecendo um ensino de qualidade, pesquisa de excelência e centenas de projetos de inserção social, consolidando assim sua posição de destaque no ensino superior brasileiro

Este ano comemoramos os 50 anos da Universidade Regional de Blumenau. O Centro de Memória Universitária da FURB informa que sua história teve início no ano de 1953 quando para a implantação de unidades de Ensino Superior na região do Vale do Itajaí surgiram, em Blumenau, movimentos de opinião pública.

Naquele ano com pronunciamentos de Vereadores, da União Blumenauense de Estudantes – UBE e de Clubes de Serviço, começava-se a idealizar o acontecimento de uma Universidade que, além de contribuir para o desenvolvimento da região, romperia com a monopolização do ensino superior exercido pela Capital do Estado.

Sem apoio político nem técnico da capital, a qual estava, de certa forma, privilegiada com a criação da Universidade Federal de Santa Catarina, o desejo de fazer surgir uma Universidade no interior foram buscados em Universidades situadas fora do nosso Estado, como as Universidades de São Paulo e de Santa Maria no Rio Grande do Sul.

Esse processo de conscientização por um Ensino Superior no Vale do Itajaí despertou o movimento comunitário que decidiu criar, em Blumenau, a primeira unidade de Ensino Superior do interior do Estado de Santa Catarina, a Faculdade de Ciências Econômicas de Blumenau.

O projeto que deu origem factual à Nossa Universidade foi levado para apreciação da Câmara Municipal e do Prefeito Hercílio Deeke por Martinho Cardoso da Veiga, em 1963, o qual também era membro da Câmara.

Assim, sobretudo, como fruto de um movimento comunitário, promulgou-se, em 5 de março de 1964, a Lei Municipal nº 1233, a qual criou a Faculdade de Ciências Econômicas de Blumenau, consagrando uma Aspiração Cultural encenada aos 2 de maio do mesmo ano, com a aula inaugural da primeira Faculdade do interior do Estado, proferida pelo então Professor, Alcides Abreu.

Aula magna da Faculdade de Ciências Econômicas, ministrada pelo prof. Alcides Abreu em 02/05/1964 (Reprodução)
Aula magna da Faculdade de Ciências Econômicas, ministrada pelo prof. Alcides Abreu em 02/05/1964

A Aula Magna da Faculdade de Ciências Econômicas de Blumenau realizou-se no Auditório do Colégio Santo Antônio. Para o andamento das aulas foram utilizadas as dependências da Escola Primária Barão do Rio Branco, durante todo ano de 1964. Os alunos contavam com uma equipe de seis professores e, somando-se ao quadro, um auxiliar administrativo.

A partir de 1965, a Faculdade mudou-se para a Escola Básica Júlia Lopes de Almeida, onde, inclusive, instalou-se a própria Fundação, criada na véspera do natal de 1967. Em 20 de dezembro de 1967, através da Lei Municipal nº 1458, institui-se a FUB – Fundação Universitária de Blumenau. Na mesma ocasião, pela Lei Municipal nº 1459, são criadas as Faculdades de: Filosofia, Ciências e Letras de Blumenau e a de Ciências Jurídicas de Blumenau, sendo estas unidades integrantes da já nomeada Fundação.

Caminhando para o final da década de 60, a comunidade novamente se sensibiliza a colaborar para a concretização de mais um passo: a construção da sede própria da FUB – Fundação Universitária de Blumenau, em 1968.

A Fundação, sozinha, não estava em condições de destinar verbas próprias para edificações. Era preciso apoio, conseguido, primeiramente, com o Lions Clube Blumenau Centro que, através da comissão Pró-Ensino Universitário, sentiu o problema e estruturou uma campanha.

O Lions Clube Blumenau Centro, para expor os seus objetivos da campanha e assim arrecadar os fundos necessários, convocou para uma assembléia presidentes dos Clubes de Serviço e entidades de classes patronais e de empregados.

Através da venda de uma rifa o êxito foi alcançado. Foram construídos os três primeiros blocos da Fundação Universitária de Blumenau que posteriormente abrigaram a Fundação Universitária de Blumenau, a Faculdade de Ciências Econômicas de Blumenau, a Faculdade de Ciências Jurídicas de Blumenau, a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Blumenau, o Hospital Santo Antônio e o Museu Dr. Fritz Müller

Em continuidade aos planos de expansão e diversificação de cursos, em 11 de dezembro de 1972 é criada a Faculdade de Engenharia de Blumenau. Logo mais, em maio de 1974, foi instituída a Faculdade de Educação Física e Desportos.

Na medida em que foram criados e implantados novos cursos, como Engenharia Civil, Engenharia Química, Processamento de Dados, Administração, Ciências Contábeis, Educação Física e Educação Artística, ampliaram-se também as instalações da Fundação.

Ministro da Educação Marco A. de Oliveira Maciel, registra suas impressões no ato oficial de instalação da Universidade. Local: Saguão do Bloco A - Câmpus 1 da FURB - Blumenau - SC. Data: 07/02/1986. Fotógrafo: Raimundo Pereira Santos. Acervo: Centro de Memória Universitária - CMU-FURB
Ministro da Educação Marco A. de Oliveira Maciel, registra suas impressões no ato oficial de instalação da Universidade. Local: Saguão do Bloco A – Câmpus 1 da FURB – Blumenau – SC. Data: 07/02/1986. (Raimundo Pereira Santos. Acervo: Centro de Memória Universitária – CMU-FURB)

Em 13 de fevereiro de 1986, pela Portaria Ministerial nº 117, o Ensino Superior, mantido pela FURB, é reconhecido e credenciado pelo Ministério da Educação como Universidade, passando, novamente, a Mantenedora a denominar-se: Fundação Universidade Regional de Blumenau, nossa conhecida FURB.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome