Fundação Cultural inicia estudos sobre túnel do centro

10933292_10203751397329517_547965393_n
Fundação Cultural e jornalistas discutiram a veracidade
dos fatos em encontro (Foto: Zaidan Martendal)

Assunto que vem agitando os bastidores da cidade na última semana, o túnel localizado na rua Presidente John Keneddy no decorrer da implantação do sistema de esgoto começará a ser estudado pela Fundação Cultural de Blumenau. O grupo, liderado pelo presidente da Fundação, Sylvio Zimmermann Neto, reuniu-se com a imprensa na manhã desta terça-feira nas dependências do Teatro Carlos Gomes.

Segundo relatos de um antigo morador, o local não possuía as mesmas condições geográficas durante os anos 1930; em vez de plano, havia uma depressão onde está situada a rua nos dias atuais. Em caso de chuva, as plantações eram alagadas, causando prejuízo aos moradores. Deste modo, acredita-se que a galeria era utilizada para o escoamento da água pluvial, assim como possivelmente do esgoto. As águas acabavam por sair em outro túnel existente na rua 7 de setembro.

A informação ainda não foi confirmada pelo grupo de pesquisadores, e será estudada até o próximo dia 29, quando os mesmos voltam a se reunir em conjunto a imprensa. Segundo Zimmerman, o relato ainda se trata de uma hipótese, e as lendas locais não devem ser descartadas apenas pelo levantamento geográfico da época.

Na sequência do encontro, os jornalistas foram autorizados a descer até a entrada do túnel para fotografias e filmagens. A possibilidade de entrar no mesmo foi descartada pelos engenheiros devido à falta de segurança.

10755021_10203751398689551_1825605652_n
Onde termina? Falta de segurança impede maior investigação sobre o túnel (Foto: Zaidan Martendal)

Um comentário

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome