Funcionários dos Correios entram em greve em todo o país

Correios em greve - foto de Fernando Frazão/Agência Brasil
Correios em greve – foto de Fernando Frazão/Agência Brasil

O serviço dos Correios devem ser afetados já a partir desta terça-feira (10) por conta de uma greve nacional. A direção da empresa fala em greve parcial, mas a paralisação foi confirmada em ao menos 16 estados, inclusive Santa Catarina.

A categoria é contra a “redução dos salários e de benefícios” e contra a privatização da estatal, já que foi incluída em no programa de privatizações do governo. Outro pedido é pela reinclusão de pais e mães do plano de saúde.

Em nota, a empresa afirmou que acumula prejuízo de R$ 3 bilhões e que ofereceu um acordo dentro das “condições possíveis”. Entre os pontos ofertados está 0,8% de reajuste no salário, ante a 3,43% da inflação acumulada.

Confira a nota dos Correios:

“Os Correios participaram de dez encontros na mesa de negociação com os representantes dos trabalhadores, quando foi apresentada a real situação econômica da estatal e propostas para o Acordo dentro das condições possíveis, considerando o prejuízo acumulado na ordem de R$ 3 bilhões. Mas as federações, no entanto, expuseram propostas que superam até mesmo o faturamento anual da empresa, algo insustentável para o projeto de reequilíbrio financeiro em curso pela empresa.

No momento, o principal compromisso da direção dos Correios é conferir à sociedade uma empresa sustentável. Por isso, a estatal conta com os empregados no trabalho de recuperação financeira da empresa e no atendimento à população.”

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome