Fatma libera mais cinco licenças para pequenas usinas hidrelétricas

A Fundação do Meio Ambiente (Fatma) emitiu mais cinco licenças para pequenas centrais hidrelétricas (PCHs) e centrais geradoras de energia (CGHs). Juntas, as cinco usinas podem gerar 10,99 MW, suficiente para abastecer mais de 80 mil pessoas.

As usinas de Barra Clara, em Angelina, Spessato, de Herval Velho e a central Erna Heidrich, de Taió, receberam a Licença Ambiental de Operação (LAO), que permite o início da geração de energia. A PCH das Pedras, de Água Doce e a CGH Pinhal, de Concórdia, receberam a Licença Ambiental de Instalação (LAI), que autoriza o começo das obras.

Desde que o programa do Governo do Estado SC+Energia foi lançado há pouco mais de um mês, a Fatma emitiu 19 licenças para empreendimentos de energia limpa. “Seguimos a determinação do governador Raimundo Colombo em agilizar os processos, mantendo a nossa responsabilidade ambiental. O programa é um incentivo para atrair novos investimentos e gerar mais desenvolvimento no Estado”, explica o presidente da Fatma, Alexandre Waltrick.

O programa prevê uma série de medidas que incentiva o investimento em energias alternativas, limpas e renováveis, como PCHs, Centrais Geradoras Hidrelétricas (CGHs), eólicas, solar e biomassa.

Confira a capacidade instalada de cada um dos empreendimentos que obtiveram as licenças:

PCH Barra Clara, Angelina (LAO) 1,54 MW
CGH Erna Heidrich, Taió (LAO) 0,75 MW
PCH das Pedras, Água Doce (LAI) 5,6
PCH Spessato, Herval Velho, (LAO) 2,4 MW
CGH Pinhal, Concórdia (LAI) 0,70 MW

Com informações da Secom SC

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome