Eventos públicos com mais 100 pessoas serão adiados em Blumenau

Um decreto assinado pelo prefeito Mário Hildebrandt neste domingo (15) impôs uma série de medidas para prevenção ao Covid-19 em Blumenau. Dentre as restrições está o adiamento de eventos públicos com mais de 100 pessoas. Eventos privados não são alvo do decreto, assim como a manifestação marcada para hoje.

Blumenau se encontra no nível 1, de alerta, sem nenhum caso confirmado, ou seja, foco voltado à ações de prevenção e orientação da população. Até o momento, cinco casos suspeitos estão sob análise laboratorial, porém nenhum foi confirmado.

Caso seja confirmado o primeiro caso, o município entra no nível de resposta 2, de perigo iminente, que aponta as condições a serem criadas para a promoção, proteção da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços necessários para isso. Neste cenário também é acionado o Grupo de Ações Coordenadas (Grac), que é formado por órgãos públicos e privados para o gerenciamento de situações de crise.

Reunião sobre o Covid-19 na Prefeitura neste domingo - foto da assessoria
Reunião sobre o Covid-19 na Prefeitura neste domingo – foto da assessoria

Educação e Pró-Família

As aulas na rede municipal de ensino estão mantidas, mas a Secretaria de Educação tomará medidas preventivas, visando facilitar a higienização constante das mãos, além de orientar os diretores sobre medidas preventivas, como a disponibilização de água e sabão para os alunos e professores, além de evitar o compartilhamento de utensílios e materiais e manter ventilados os ambientes de uso coletivo.

As atividades para idosos realizadas na sede e nos núcleos da Pró-Família estão canceladas a partir de amanhã por tempo indeterminado. O objetivo é proteger a saúde dos idosos, que são os mais sujeitos à contaminação do novo Coronavírus. Eles serão orientados pela equipe da Pró-Família quanto aos cuidados que devem ser tomados para evitar os riscos de contaminação. A Pró-Família também vai reforçar as medidas de higienização para a realização das atividades para os demais públicos.

O decreto prevê ainda medidas de prevenção abrangendo eventos públicos, de massa, instituições para idosos, locais de grande circulação de pessoas, serviços de alimentação, lazer e entretenimento. Com relação aos preços de produtos e serviços, o Procon irá intensificar a fiscalização visando coibir a prática de preços abusivos para produtos relacionados à saúde, como álcool em gel.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome