Energia deve ter aumento médio de 38% em Santa Catarina

Duas medidas autorizadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) devem fazer o catarinense pagar cerca de 38% a mais na conta de luz já a partir do próximo mês. Além de um reajuste nas chamadas Bandeiras Tarifárias, o governo autorizou um revisão extraordinária. Entenda:

A medida de maior impacto será uma revisão extraordinária de 24,8%, que serve para manter o equilíbrio econômico e financeiro das distribuidoras por conta das alterações significativas nos custos.

Porém, a energia deve ficar até 38% mais cara, já que o Governo Federal decidiu nesta sexta-feira (27) que também vai aumentar os valores das bandeiras tarifárias:

Em meses com bandeira vermelha é acionado é há um acréscimo de R$ 5,50 para cada 100 kWh consumidos, um aumento de 83% em relação aos R$ 3 anteriores. Quando for amarela, o aumento é de R$ 2,50, sendo que o valor anterior era de R$ 1,5, um aumento de 66%. Incide ainda o valor dos impostos.

Motivo

As duas medidas serão aplicadas pelo alto uso de usinas termoelétricas, que tem um altíssimo custo de geração em relação as hidroelétricas. Mais de 80% da energia utilizada no país provem de hidroelétricas, porém os níveis dos reservatórios estão baixos devido a uma estiagem.

Em Agosto deve acontecer uma nova revisão nas contas da Centrais Elétricas de Santa Catarina, a Celesc. O impacto deve ser amenizado se os reservatórios se recuperarem levando a extinção das tarifas extras. O jeito é economizar!

2 Comentários

  1. To vendo que vamos ter que fazer um protesto reunir todos os catarinenses e desligar o relógio por um período bem grande para eles não ganhar muito nesta roubaria.

  2. Alguém já se perguntou: porque este aumento abusivo pra gente aqui no sul, se o indicador é o nível de água nas Usinas, pra geração de energia, maior que São Paulo que tem o menor nível de água nas Usinas geradoras??? Isto é um aumento técnico( pra mim é incompetência dos vermelhos) ou é a vendeta das eleições!!!!

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome