Em noite infeliz, Metrô é goleado pelo Figueira e despenca na classificação

11055347_961420983892040_4814306362381823327_n
Tradição caseira? Metrô repete feitos dos últimos anos e é goleado em casa (Foto: Sidnei Batista/Metropolitano)

O Metropolitano sofreu a sua segunda derrota como mandante no Campeonato Catarinense. Após o revés por 2 a 0 para o Guarani de Palhoça, ainda na terceira rodada da primeira fase, o Verdão foi goleado pelo Figueirense na noite deste domingo (15), pela terceira rodada do Hexagonal Semifinal.

Após vencer o Criciúma na última rodada, o time comandado por Pingo entrou em campo com grandes chances de terminar a rodada na liderança do Campeonato. Para isso, necessitava da vitória contra o Figueira, que também necessitava do triunfo para assumir a ponta.

Experiente e cruel, a equipe visitante não se demorou a mostrar superior dentro do campo encharcado. Logo no primeiro minuto, Clayton aproveitou confusão na área adversária para abrir o placar para a equipe da capital catarinense.

Aos 13 minutos, o time da casa reclamou intensamente da arbitragem, após Marquinhos Pedroso tocar com a mão na bola dentro da área. Para indignação generalizada, o árbitro da partida, Bráulio da Silva Machado, considerou o lance normal e mandou o jogo seguir.

Os demais gols da partida viriam a acontecer na segunda etapa. Logo aos nove minutos, Rafael Bastos finalizou com maestria de fora da área, marcando o segundo. Dois minutos depois, o Figueira chegou ao terceiro tento. Após duas falhas consecutivas de Maurício, Dudu aproveitou para ampliar.

Aceitando a derrota, o Metropolitano pouco agrediu o gol defendido por Alex Muralha. O time da casa ainda ficou com um a menos em campo, após Rodney levar o segundo amarelo. Em vantagem numérica, a equipe visitante ainda ampliou nos minutos finais, com Matheuzinho. Foi o primeiro gol do meia como profissional.

Com a derrota, o Metrô caiu para a quinta colocação do hexagonal, somando três pontos. Na próxima rodada, a equipe blumenauense vai até Chapecó, onde enfrenta a vice-líder Chapecoense. A partida será disputada às 16h de domingo (22), na Arena Condá. Uma vitória faz o time de Blumenau ultrapassar a equipe adversária na classificação.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome