Em jogo dramático, Blumenau perde e Internacional é campeão da Divisão de Acesso

O sonho de estar na elite do futebol catarinense em 2015 foi adiado para o Blumenau Esporte Clube. Diante de mais de cinco mil torcedores no Estádio Vidal Ramos, o Internacional de Lages consagrou-se campeão do Campeonato Catarinense da Divisão de Acesso ao vencer por 3 a 1 nos 90 minutos e empatar na prorrogação.

Emoção e tensão se fizeram presente na última partida do campeonato. Após Nei receber o cartão vermelho, o Blumenau disputou boa parte do jogo com Negreiros, Lucas Campestrini e Marcos no gol – a equipe não levou goleiro reserva para o confronto.

O Internacional de Lages, que precisava vencer no tempo normal para forçar a prorrogação, contou com o retorno de três titulares, Vitor Hugo, Maguila e Brasão. Já o técnico da equipe blumenauense, Rodrigo Cascca, optou por repetir a equipe que goleou os lageanos na primeira partida da final, em Blumenau.

Inter leva o título em casa (Lages Notícias)

Além de levantar a taça Armindo João Araldi, o Colorado conquistou o acesso para a Série B do estadual de 2014. Para o Blumenau, resta começar o planejamento do ano que vem.

Leia também:
Um clássico entre gigantes

O jogo

Logo no primeiro minuto de partida, Lucas Pivatto aproveitou a cobrança de escanteio e cabeceou para o fundo das redes, deixando o tricolor na frente do placar. Aos 11 minutos, Luciano Amaral finalizou na saída do goleiro Nei, mas a bola não seguiu o rumo desejado.

Aos 12 minutos, Marquinhos tocou para Negreiros, que finalizou para a defesa de Renan. Aos 15 minutos, o meio-campista Bruno chutou de longe e Nei espalmou para a linha de fundo. Aos 24 minutos, o Internacional obteve a chance de empatar com Vitor Hugo, mas o zagueiro cabeceou no meio do gol, e Nei defendeu.

Aos 27 minutos, Negreiros aproveitou a sobra de bola e conclui ao gol, mas Renan salvou o Colorado. Aos 40 minutos, Thomaz tocou para Brasão, mas o atacante finalizou para fora. No apagar das luzes, aos 48 minutos, o zagueiro Erlon e o goleiro Nei se envolveram em uma confusão e receberam o cartão vermelho do árbitro Célio Amorim.

Sem goleiro reserva no elenco – Edson estava suspenso por causa da expulsão no último jogo –, o centroavante Negreiros foi o arqueiro do time blumenauense na segunda etapa.

Segundo tempo 

Em busca da vitória, o técnico Nasareno Silva substituiu Gelvane por Gustavo, ficando com três atacantes em campo. Aos 4 minutos, a bola carimbou a trave do Blumenau e assustou a torcida tricolor. Aos 22 minutos, Brenno finalizou de fora da área e empatou a partida.

Aos 27 minutos, Maguila chutou de longe, mas a bola foi por cima do gol de Negreiros. A superioridade do Internacional resultou no gol da virada, aos 30 minutos, quando Gustavo estufou as redes, Internacional 2 a 1. Aos 40 minutos, Negreiros voltou ao ataque do Blumenau e Lucas Campestrini foi para gol tricolor. Aos 48 minutos, Brasão chutou e fez o seu gol, Internacional 3 a 1.

Prorrogação

Lucas Campestrini retornou a zaga e o atacante Marcos, que entrou em campo no segundo tempo, foi defender o gol blumenauense. O BEC abriu o placar da prorrogação com Negreiros, mas o assistente invalidou o feito.

A prorrogação contou com confusão no gramado, forçando a ação policial. Todavia, o empate sem gols persistiu até o apito final do árbitro, e fez com que a torcida e a equipe lageana comemorasse o título e o acesso à Série B de 2014.

Escalações iniciais

Esporte Clube Internacional de Lages
Renan, Tiago Capeta, Vitor Hugo, Erlon e Gelvane; Brenno, Bruno, Maguila e Thomaz; Luciano Amaral e Brasão.
Técnico: Nasareno da Silva.

Blumenau Esporte Clube
Nei, Diego, Lucas Pivatto, Lucas Campestrini e Leandrinho; Amaral, Marcelinho, Marquinhos e Matosinho, Matheus Guerreiro e Negreiros.
Técnico: Rodrigo Cascca.

Por Jhulian Pereira

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome