Eleições podem ser adiadas para 15 de novembro

A participação nas eleições é facultativa apenas para analfabetos, pessoas com idade entre 16 e 18 anos ou mais de 70 anos (José Cruz/Agência Brasil)
A participação nas eleições é facultativa apenas para analfabetos, pessoas com idade entre 16 e 18 anos ou mais de 70 anos (José Cruz/Agência Brasil)

O Senado Federal realizará na segunda-feira (22) uma sessão de debates sobre o adiamento das eleições municipais. Participarão da reunião o ministro Luís Roberto Barroso além de médicos, infectologistas, prefeitos e vereadores.

Ainda não existe consenso para a mudança da data, atualmente as eleições estão previstas para o dia 4 de outubro. O requerimento para realização da sessão foi do senador Weverton Rocha (PDT-MA). Ele é o relator da PEC 18/2020, que trata do tema.

Segundo Weverton ele “levará em consideração opiniões de colegas congressistas, bem como dos ministros do TSE e de especialistas, com quem ele voltará a conversar”, para daí apresentar a proposta.

Dentre as possibilidades na mesa, estão a alteração do primeiro turno para 15 de novembro ou 6 de dezembro.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome