Impeachment: presidente Dilma é afastada por 180 dias

imagem_materia
Senadores comemoram resultado de 55 a 22 (Jonas Pereira/Agência Senado)

O Senado aprovou, nesta quinta-feira (12), por 55 votos favoráveis a admissibilidade do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Foram 22 votos contrários ao processo. A decisão permite ao Senado dar seguimento ao processo contra Dilma.

A presidente será afastada do cargo por até 180 dias, período em que um novo parecer será elaborado, debatido e votado. Na manhã desta quinta-feira (12), o primeiro secretário do Senado, senador Vicentinho Alves, levou ao Palácio do Planalto a notificação da decisão do Senado.

A própria Dilma deverá receber o documento. Levará também uma notificação comunicando ao vice-presidente Michel Temer que ele é o governante em exercício.

20 horas se discussão

Durou 20 horas e 34 minutos a sessão deliberativa extraordinária que resultou na admissibilidade do processo de impeachment. Durante a sessão, cada senador teve até 15 minutos para usar a tribuna, a maioria justificando seu voto com argumentos concernentes à situação econômica enfrentada pelo país.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome