CPI dos respiradores pede afastamento do controlador-geral de SC

CPI dos Respiradores da Alesc, durante reunião - foto de Bruno Collaço
CPI dos Respiradores da Alesc, durante reunião – foto de Bruno Collaço

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Respiradores aprovou nesta quinta-feira (25) um requerimento para o afastamento do controlador-geral de Santa Catarina, Luiz Felipe Ferreira, por não ter tomado precauções para evitar a fraude.

Após o depoimento de Ferreira para os integrantes da CPI que apura irregularidades na compra de 200 respiradores pelo Estado, a comissão levantou indícios de que Ferreira não tomou medidas e precauções para evitar as irregularidades na compra dos respiradores. Desta forma, sua permanência no cargo seria insustentável.

“Houve inconsistência, falta de profundidade, falta de clareza em todos os seus depoimentos, contrariando os princípios que norteiam a administração pública, dos quais ele deveria ser o guardião, tendo em vista o cargo que ele ocupa”, afirmou o presidente da CPI, deputado Sargento Lima (PSL), a respeito do controlador-geral.

O pedido ainda deve ser apreciado pelo Plenário da Assembleia Legislativa e, caso aprovado, será enviado ao governador Carlos Moisés.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome